Fotografo

Cinco passos para empreender como fotógrafo

Empreender tem sido uma oportunidade para muitos profissionais no nosso país. Segundo dados de uma pesquisa da Unitfour, o número de empresas abertas em 2016 cresceu 20% em relação a 2015.

No caso dos fotógrafos, é importante encontrar formas de se diferenciar dos concorrentes e oferecer serviços com qualidade.
Quando um fotógrafo trabalha por conta própria, ele não exerce apenas o trabalho. Além de fotografar, é necessário ser administrador, produtor, profissional de marketing e outras funções relacionadas. Por isso, reunimos aqui os principais passos para iniciar uma jornada empreendedora como fotógrafo:
 
1 – Legalize o seu trabalho

O Micro Empreendedor Individual (MEI) pode emitir notas fiscais e tem direito a benefícios como auxílio maternidade, auxílio doença e aposentadoria. Para ser MEI, é necessário faturar no máximo até R$ 60.000,00 por ano e não ter participação em outra empresa como sócio ou titular. Mensalmente, no caso de fotógrafos, é necessário pagar o imposto de R$ 51,85.. Se quiser um faturamento maior, basta abrir uma microempresa. Nesse caso, é essencial o auxílio de um contador e o imposto mensal varia de acordo de faturamento.

2 – Crie um logotipo

Você pode escolher usar o próprio nome ou criar uma marca, com um nome de empresa. Mas, em ambos os casos, é importante criar um logotipo. Isso ajuda o fotógrafo a ganhar credibilidade e facilita a criação de materiais institucionais como site, cartão de visita e mídias sociais.

3 – Prepare-se para oferecer um bom atendimento

Antes de iniciar a prestação de serviços, converse com outros fotógrafos e com órgãos especializados em empreendedorismo como o SEBRAE. Verifique o que é necessário fazer para oferecer um bom atendimento. Se possível, faça cursos e leia livros sobre o assunto.
Faça contratos que considerem todos os detalhes da sua oferta: formato e prazo de entrega das fotografias, preço, condições de pagamento dentre outras condições. Isso aumentará sua credibilidade e a segurança para o cliente.

4 – Invista em Marketing

Faça as contas e destine no mínimo 5% do seu faturamento para campanhas de marketing. Crie uma comunicação via mídias sociais e anuncie. Estude quais canais de comunicação o seu cliente utiliza e apareça lá. Pode ser um jornal de bairro, folhetos de serviços ou até anúncios no Google e em Mídias Sociais. O importante é ser encontrado no meio dos concorrentes como opção.

5 – Diferencie-se na entrega

Pensar nos detalhes ajuda a criar impacto. Invista também em materiais específicos que reforçam a qualidade do seu trabalho. Álbuns exclusivos com sua marca, caixas para pendrive e até acabamentos personalizados são apenas algumas das formas de fazer uma entrega diferenciada para o seu cliente.

> Veja as opções da Happy Color.

Conte com a Happy Color como parceira para oferecer soluções de imagens para o seu cliente.